domingo, 31 de outubro de 2010

STAR ONE E CIÊNCIAS BIOLÓGICAS



Instalado no Campus Sede do Centro Universitário Serra dos Órgãos (UNIFESO) a partir de uma parceria firmada entre a empresa Star One, do grupo Embratel, e a Instituição, o Laboratório Star One completou, em setembro, um ano de atividades sob a coordenação do professor José Roberto Andrade e do engenheiro da Star One Guilherme Mattos, com a participação de alunos do Centro de Ciências e Tecnologia.
Agora o Curso de Ciências Biológicas  esta construindo uma parceria com o laboratório para desenvolver projetos de modelagem gráfica para a área biológica. Os estudantes desenvolverão projetos que poderão ser usados no treinamento dos futuros estudantes de Biologia.

SEMANA DE CIENCIA E TECNOLOGIA - UM SUCESSO!

Estudantes de Ciências Biológicas que participaram do Evento no sábado dia 23/10 na praça Olimpica


Na semana de 18/10 a 24/10 o curso de Ciências Biológicas participou do evento da Semana Ciência e Tecnologia com o Ver Ciência em parceria com o SESC-Teresópolis, o evento aconteceu de terça a sexta-feira, sempre com uma discussão após a projeção dos vídeos. No dia 20/11 recebemos a visita do Curso de Pedagogia para assistir um video sobre a APA de Guapimirim  e as estudantes Priscila Karine e Ana Claudia explicaram como foi a visita técnica. 



No sábado participamos do evento na praça Olimpica com o Museu Itinerante e Priscila, estudante do quarto período ministrou uma oficina de montagem de sacolas de papel com alças produzidas com pacotes de 10kg de açúcar e outros produtos, o trabalho foi acompanhado atentamente o trabalho.


Na sexta-feira dia 29/10, o prof. Renan realizou  mais uma noite no PARNASO, uma parceria com SESC, acompanhado de estudantes do UNIFESO e do prof. Luiz Antônio da Pedagogia e da Engenharia do Ambiental. No sábado dia 30/10,  o prof. Leandro conduziu a primeiro PARNASO ao Dia, estiveram no evento estudantes de Ciências Biológicas, o Diretor do CCT prof. Wagner acompanhados de seus filhos e turistas hospedados no SESC Teresópolis.

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

OUTUBRO ROSA

O Instituto Nacional de Câncer, INCA, lançou no dia15/10, recomendações para reduzir a mortalidade por câncer de mama no Brasil. São sete orientações que destacam as prioridades de ação para o controle da doença, responsável por cerca de 11 mil mortes por ano no país. Destinado à população em geral e a profissionais e gestores do Sistema Único de Saúde, o documento faz parte das comemorações do Outubro Rosa, mês de mobilização mundial em torno do tema.


1. Toda mulher tenha amplo acesso à informação com base científica e de fácil compreensão sobre o câncer de mama.

2. Toda mulher . que alerta para os primeiros sinais e sintomas do câncer de mama e procure avaliação médica.

3.Mulher com nódulo palpável na mama e outras alterações suspeitas tenha direito a receber diagnóstico no prazo máximo de 60 dias.

4. Toda mulher de 50 a 69 anos faça mamografia a cada dois anos.

5. Todo serviço de mamografia participe de Programa de Qualidade em Mamografia. A qualificação, quando obtida, deve ser exibida em local visível às usuárias.

6. Toda mulher saiba que o controle do peso e da ingestão de álcool, além da amamentação e da prática de atividades físicas, são formas de prevenir o câncer de mama.r


7. A terapia de reposição hormonal, quando indicada na pós-menopausa, seja feita sob rigoroso acompanhamento médico, pois aumenta o risco de câncer de mama.

DIA DOS PROFESSORES


           Aos amigos que contribuem para o crescimento dos nossos estudantes, cariosamente chamados de + BIOLOGOS um grande abraço pelo seu dia 


O Dia dos Professores é comemorado nesta data, pois em 1827  Dom Pedro I baixou o decreto imperial criando  o ensino elementar no Brasil.


"D. Pedro I, por Graça de Deus e unânime aclamação dos povos, Imperador Constitucional e Defensor Perpétuo do Brasil: Fazemos saber a todos os nossos súditos que a Assembléia Geral decretou e nós queremos a lei seguinte:

Art. 1º Em todas as cidades, vilas e lugares mais populosos, haverão as escolas de primeiras letras que forem necessárias.
Art. 2º Os Presidentes das províncias, em Conselho e com audiência das respectivas Câmaras, enquanto não estiverem em exercício os Conselhos Gerais, marcarão o número e localidades das escolas, podendo extinguir as que existem em lugares pouco populosos e remover os Professores delas para as que se criarem, onde mais aproveitem, dando conta a Assembléia Geral para final resolução.
Art. 3º Os presidentes, em Conselho, taxarão interinamente os ordenados dos Professores, regulando-os de 200$000 a 500$000 anuais, com atenção às circunstâncias da população e carestia dos lugares, e o farão presente a Assembléia Geral para a aprovação.
Art. 4º As escolas serão do ensino mútuo nas capitais das províncias; e serão também nas cidades, vilas e lugares populosos delas, em que for possível estabelecerem-se.
Art. 5º Para as escolas do ensino mútuo se aplicarão os edifícios, que couberem com a suficiência nos lugares delas, arranjando-se com os utensílios necessários à custa da Fazenda Pública e os Professores que não tiverem a necessária instrução deste ensino, irão instruir-se em curto prazo e à custa dos seus ordenados nas escolas das capitais.
Art. 6º Os professores ensinarão a ler, escrever, as quatro operações de aritmética, prática de quebrados, decimais e proporções, as noções mais gerais de geometria prática, a gramática de língua nacional, e os princípios de moral cristã e da doutrina da religião católica e apostólica romana, proporcionados à compreensão dos meninos; preferindo para as leituras a Constituição do Império e a História do Brasil.
Art. 7º Os que pretenderem ser providos nas cadeiras serão examinados publicamente perante os Presidentes, em Conselho; e estes proverão o que for julgado mais digno e darão parte ao Governo para sua legal nomeação.
Art. 8º Só serão admitidos à oposição e examinados os cidadãos brasileiros que estiverem no gozo de seus direitos civis e políticos, sem nota na regularidade de sua conduta.
Art. 9º Os Professores atuais não serão providos nas cadeiras que novamente se criarem, sem exame de aprovação, na forma do Art. 7º.
Art. 10. Os Presidentes, em Conselho, ficam autorizados a conceder uma gratificação anual que não exceda à terça parte do ordenado, àqueles Professores, que por mais de doze anos de exercício não interrompido se tiverem distinguido por sua prudência, desvelos, grande número e aproveitamento de discípulos.
Art. 11. Haverão escolas de meninas nas cidades e vilas mais populosas, em que os Presidentes em Conselho, julgarem necessário este estabelecimento.
Art. 12. As Mestras, além do declarado no Art. 6º, com exclusão das noções de geometria e limitado a instrução de aritmética só as suas quatro operações, ensinarão também as prendas que servem à economia doméstica; e serão nomeadas pelos Presidentes em Conselho, aquelas mulheres, que sendo brasileiras e de reconhecida honestidade, se mostrarem com mais conhecimento nos exames feitos na forma do Art. 7º.
Art. 13. As Mestras vencerão os mesmos ordenados e gratificações concedidas aos Mestres.
Art. 14. Os provimentos dos Professores e Mestres serão vitalícios; mas os Presidentes em Conselho, a quem pertence a fiscalização das escolas, os poderão suspender e só por sentenças serão demitidos, provendo interinamente quem substitua.
Art. 15. Estas escolas serão regidas pelos estatutos atuais se não se opuserem a presente lei; os castigos serão os praticados pelo método Lancaster.
Art. 16. Na província, onde estiver a Corte, pertence ao Ministro do Império, o que nas outras se incumbe aos Presidentes.
Art. 17. Ficam revogadas todas as leis, alvarás, regimentos, decretos e mais resoluções em contrário.
Mandamos portanto a todas as autoridades, a quem o conhecimento e execução da referida lei pertencer, que a cumpram e façam cumprir, e guardar tão inteiramente como nela se contém. O Secretário de Estado dos Negócios do Império a faça imprimir, publicar e correr. Dada no Palácio do Rio de Janeiro, aos 15 dias do mês de outubro de 1827, 6º da Independência e do Império.
IMPERADOR com rubrica e guarda Visconde de São Leopoldo.
Carta de Lei, pela qual Vossa Majestade Imperial manda executar o decreto da Assembléia Geral Legislativa, que houve por bem sancionar, sobre a criação de escolas de primeiras letras em todas as cidades, vilas e lugares mais populosos do Império, na forma acima declarada.
Para Vossa Majestade Imperial ver"
D. Pedro I
15 de outubro de 1.827

Campus Quinta do Paraiso e a Semana da Ciência e Tecnologia


Em parceria com o SESC - Teresópolis o Campus Quinta do Paraiso recebe a mostra Ver Ciência, evento que acontecerá no multimídia dos cursos de Medicina Veterinária, Farmácia e Ciências Biológicas nos dias 19/10, 20/10,21/10,22/10 às 17:00h.

Programação

Biodiversidade é Vida

Biodiversity is Life
Filme oficial da ONU para o Ano Internacional da Biodiversidade
CBD/ONU 2010 08min
A subsistência de 6,5 bilhões de pessoas é sustentada por ecossistemas que contêm quase 2 milhões de espécies. O bem-estar da humanidade depende dessa rede de vida: plantas e animais nos alimentam, florestas regulam a água e fornecem combustível, oceanos fornecem alimentos e regulam o clima. E a biodiversidade é uma fonte de riqueza cultural e espiritual para os nativos e habitantes da cidade. Ainda assim, só uma parte da vida na Terra foi descoberta, menos de 10%. Mas essa vida está desaparecendo a uma velocidade alarmante...

Biodiversidade - O que está em Jogo: O Ano da Biodiversidade
Globo Ecologia 2010 25min
O primeiro programa da série Biodiversidade – O Que Está Em Jogo? Apresenta uma reflexão sobre o que foi feito para proteger as espécies e habitats ameaçados de extinção, desde a assinatura da Convenção Sobre Diversidade Biológica, em 1992. O episódio traz ainda um retrato do que a perda da biodiversidade pode provocar, com o exemplo histórico da erosão generalizada no Vale do Paraíba (RJ).

O Bem Comum – Manguezais: Guapimirim
Globo Ecologia 2010 25min
O episódio apresenta um lado pouco conhecido da Baía de Guanabara – a região do Recôncavo, que abriga o último manguezal contínuo de médio porte do Estado do Rio de Janeiro. Revela a história das comunidades que moram na área de proteção ambiental, como as famílias que sempre viveram da pesca e da retirada de caranguejos e aprenderam a lidar com os recursos naturais de maneira sustentável.

Água: O Petróleo do Futuro

Água: el Petróleo del Futuro
Imago/Chile 2009 30 min
Os cientistas já alertaram: as guerras de um futuro próximo serão pela água, responsável pela formação de 75% do nosso planeta. No entanto, devido a fenômenos como o aquecimento global, desertificação e contaminação, os recursos hídricos mundiais estão diminuindo rapidamente. E o que a ciência vem fazendo a respeito desse assunto? O que cada um de nós pode fazer para cuidar deste valioso recurso no futuro?

Planeta Humano
Human Planet
BBC 2009 60min
Esta é a série em que o professor Iain Stewart analisa como quatro forças geológicas moldaram a nossa história humana. Mas ele também falará sobre a mais recente força estabelecida: o próprio ser humano. Revela que nem sempre o homem tem um impacto negativo sobre o planeta e lança a pergunta: Como a raça humana continuará exercendo seu controle sobre muitos dos ciclos geológicos da Terra?

Bom Jeitinho Brasileiro: José Ferreira da Paraty e a Agricultura Sustentável
Canal Futura/Filmes do Serro 2009 25min
O episódio retrata o pernambucano José Ferreira, criador do Projeto Sustentabilidade e Qualidade de Vida na serra da Bocaina, RJ. Ele projetou e construiu sozinho todo o sítio, contando apenas com o apoio dos familiares. São eles também que produzem seus próprios alimentos e remédios. A meta agora é transformar a propriedade em uma Escola Prática de Sistemas Agroflorestais.

terça-feira, 12 de outubro de 2010

PREMIO NOBEL DE FISIOLOGIA OU MEDICINA - Técnica de fertilização in vitro

O prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina deste ano  será entregue ao biólogo britânico Robert Edwards, criador da fertilização in vitro. O pesquisador desenvolveu a tecnica que permitiu fertilizar  células do óvulo humano em um tubo de ensaio e sua implantação no útero. A pesquisa de Edwards permitiu o nascimento de Louise Brown, primeiro bebê de proveta, em 25 de julho de 1978. Esta descoberta permitiu a o tratamento da infertilidade que afeta milhoes de casais pelo mundo. Cerca de 4 milhões de crianças nasceram através desta técnica.


foto do site da BBC Brasil http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2010/10/101004_nobel_medicina_cc.shtml
Robert Edwards com Lesley Brown, Louise Brown, primeiro bebê de proveta, e seu filho Cameron

 




SEGUNDO TESTE DE PROGRESSO DO CURSO DE CIENCIAS BIOLOGICAS DO UNIFESO

Na quinta-feira dia 07 de outubro  60% dos estudantes de Ciências Biológicas realizaram o segundo teste de progresso. Este teste tem o objetivo de verificar o desenpenho dos estudante nos conteúdos determinados pela DCN (Diretrizes Curriculares Nacionais) de Ciências Biológicas,  verificando a aprendizagem dos estudantes e  permite  o ajuste do curriculo do curso.
               O teste foi aplicado pelos professores Alexandre, Renan, Ana Lúcia, Marcelo, Leandro e Carlos Alfredo.
               




CAFÉ CIENTIFICO - SUCESSO ABSOLUTO!


O café cientifico, uma atividade complementar do curso de ciencias biológicas,  tem aprofundado  conceitos biológicos de importância para a formação dos futuros biólogos. Na sexta-feira dia 01/10  o estudante Pedro Henrique dos Santos Dias apresentou Biodiversidade e Evolução e no dia 08/10 o professor Estanislau Kostka Pinto da Silveira apresentou o tema extinções de espécies.